A EDG, empresa de tecnologia fundada pelo piloto Lucas di Grassi, traz ao mercado brasileiro a EDG Niobium e-Bike. A primeira bicicleta elétrica urbana 100% projetada, desenvolvida e fabricada no Brasil.

O produto, pensado para ser um meio de transporte mais acessível, tem custo ao usuário mais baixo que o do transporte público. Mobilidade limpa, de emissão zero de poluentes, em harmonia com as exigências ambientais.

Lucas di Grassi é piloto de renome internacional. Atual campeão mundial da Fórmula E, categoria de carros elétricos, o competidor da Audi Sport é também CEO da Roborace. Uma modalidade de competição entre carros autônomos.

Seu conhecimento técnico e experiência no desenvolvimento de veículos elétricos o levou a fundar a EDG em parceria com a Electric Dreams. Empresa baseada no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP).

Com a colaboração de engenheiros aeroespaciais, Lucas desenvolveu a EDG Niobium e-Bike. A única bicicleta elétrica do país capaz de rodar até 100 quilômetros sem precisar de recarga. Para aumentar sua autonomia, durabilidade, resistência e eficiência, o quadro da bike é feito em nióbio, fruto da parceria com a CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração).

Que fornece o material, muito usado na indústria de alta tecnologia – como em aparelhos de ressonância magnética e até mesmo na propulsão de foguetes.

Outro fator determinante para a maior autonomia do mercado nacional entre as bicicletas elétricas é sua bateria de íons de lítio, mesmo material usado nos veículos de alta tecnologia, como a bateria usada na Fórmula E. A peça fica alojada no interior do quadro de nióbio, o que distribui a massa do conjunto, que no total pesa apenas 15 quilos.

Com porta USB-C, seu tempo de recarga é de 25 km de autonomia por 1 hora de carga. A EDG já possui tecnologia para uma recarga de 6 minutos para 100 quilômetros. Além disso, a EDG Niobium e-Bike conta com sistema de recuperação energética, como acontece nos carros da Fórmula E e da Fórmula 1: a energia das frenagens é transformada em eletricidade que retorna à bateria.

“Desenvolvemos o produto baseado nas expectativas e nas necessidades do usuário moderno. Conectividade, confiabilidade, resistência, autonomia, baixo custo por quilômetro rodado, e eficiência”, ressalta Di Grassi.

O fundador da EDG justifica a opção pelo projeto da e-bike. “O carro elétrico ainda é uma realidade distante no Brasil, muito disso em virtude da ausência de infraestrutura para recarga destes veículos.

Por isso, o primeiro meio possível de transporte movido a eletricidade, com capacidade de adesão em massa, na visão geral de transformar a mobilidade urbana brasileira, tem de ser a bicicleta, que tem o menor custo por quilômetro rodado, o que é 167 vezes mais eficiente do que um automóvel leve”, afirma Di Grassi.

“A bike elétrica é o primeiro passo. Nosso planejamento a longo prazo é usar esse know-how para transformar a indústria da mobilidade no mundo”, conclui.

Fonte: www.portalaz.com.br Publicado 08/11/2017. Acessado em 10/11/2017. “Lançada no Brasil bicicleta elétrica para revolucionar a mobilidade urbana”

Como é um Taxi Voador?

Como é um Taxi Voador?

o lançamento do Táxi Voador estar confirmado pela Airbus, outras aeronaves elétricas sem a necessidade de alguém para pilotar estão para sair do papel também, e certamente vão alterar o conceito que temos hoje sobre a mobilidade urbana ideal, é o caso da E-volo, empresa alemã

ler mais
Como é a escada rolante que fica dentro de um dragão?

Como é a escada rolante que fica dentro de um dragão?

Quem poderia imaginar construir uma escada rolante dentro de um dragão?  Pode parecer estranho, mas, acreditem que essa ideia só poderia vir da China.A China é um dos países onde tudo acontece, basta acessar a internet e ler dezenas de acontecimentos diários que podem ser classificados desde bizarros até fantásticos

ler mais

How is the Brazilian electric bicycle?

EDG, a technology company founded by the pilot Lucas di Grassi, brings EDG Niobium e-Bike to the Brazilian market. The first urban electric bicycle 100% designed, developed and manufactured in Brazil.

The product, thought to be a more accessible means of transport, has a lower cost to the user than that of public transport. Clean mobility, zero emission of pollutants, in harmony with environmental requirements.

Lucas di Grassi is an internationally renowned rider. Current Formula E world champion, electric car category, the competitor of Audi Sport is also CEO of Roborace. A mode of competition between autonomous cars.

His technical knowledge and experience in the development of electric vehicles led him to found EDG in partnership with Electric Dreams. Company based in the Technological Park of São José dos Campos (SP).

With the collaboration of aerospace engineers, Lucas developed the EDG Niobium e-Bike. The only electric bicycle in the country capable of running up to 100 kilometers without needing to recharge. To increase its autonomy, durability, strength and efficiency, the bike frame is made in niobium, the result of the partnership with CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração).

It supplies the material, much used in the high-tech industry – such as in MRI devices and even in rocket propulsion.

Another factor determining the greatest autonomy of the national market among electric bicycles is its lithium-ion battery, even material used in high-tech vehicles, such as the battery used in Formula E. The piece is housed inside the niobium frame, which distributes the mass of the set, which in total weighs only 15 pounds.

With USB-C port, its recharge time is of 25 km of autonomy by 1 hour of load. EDG already has technology for a 6-minute recharge for 100 kilometers. In addition, the EDG Niobium e-Bike has an energy recovery system, as it happens in Formula E and Formula 1 cars: braking energy is transformed into electricity that returns to the battery.

“We developed the product based on the expectations and needs of the modern user. Connectivity, reliability, endurance, autonomy, low cost per mile driven, and efficiency, “says Di Grassi.

The founder of EDG justifies the option for the e-bike project. “The electric car is still a distant reality in Brazil, much of it due to the lack of infrastructure to recharge these vehicles.

Therefore, the first possible means of electricity-driven transportation, with mass membership capacity, in the overall view of transforming Brazilian urban mobility, has to be the bicycle, which has the lowest cost per kilometer rotated, which is 167 times more efficient than a lightweight car, “says Di Grassi.

“The electric bike is the first step. Our long-term planning is to use this know-how to transform the mobility industry in the world, “he concludes.

Source: www.portalaz.com.br Posted 11/08/2017. Accessed on 11/10/2017. “Launched in Brazil electric bicycle to revolutionize urban mobility”

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato).

O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários.

Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual ou certificado de garantia.

Nota de rodape

A EDG, empresa de tecnologia fundada pelo piloto Lucas di Grassi, traz ao mercado brasileiro a EDG Niobium e-Bike. A primeira bicicleta elétrica urbana 100% projetada, desenvolvida e fabricada no Brasil.

O produto, pensado para ser um meio de transporte mais acessível, tem custo ao usuário mais baixo que o do transporte público. Mobilidade limpa, de emissão zero de poluentes, em harmonia com as exigências ambientais.

Lucas di Grassi é piloto de renome internacional. Atual campeão mundial da Fórmula E, categoria de carros elétricos, o competidor da Audi Sport é também CEO da Roborace. Uma modalidade de competição entre carros autônomos.

Seu conhecimento técnico e experiência no desenvolvimento de veículos elétricos o levou a fundar a EDG em parceria com a Electric Dreams. Empresa baseada no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP).

Com a colaboração de engenheiros aeroespaciais, Lucas desenvolveu a EDG Niobium e-Bike. A única bicicleta elétrica do país capaz de rodar até 100 quilômetros sem precisar de recarga. Para aumentar sua autonomia, durabilidade, resistência e eficiência, o quadro da bike é feito em nióbio, fruto da parceria com a CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração).

Que fornece o material, muito usado na indústria de alta tecnologia – como em aparelhos de ressonância magnética e até mesmo na propulsão de foguetes.

Outro fator determinante para a maior autonomia do mercado nacional entre as bicicletas elétricas é sua bateria de íons de lítio, mesmo material usado nos veículos de alta tecnologia, como a bateria usada na Fórmula E. A peça fica alojada no interior do quadro de nióbio, o que distribui a massa do conjunto, que no total pesa apenas 15 quilos.

Com porta USB-C, seu tempo de recarga é de 25 km de autonomia por 1 hora de carga. A EDG já possui tecnologia para uma recarga de 6 minutos para 100 quilômetros. Além disso, a EDG Niobium e-Bike conta com sistema de recuperação energética, como acontece nos carros da Fórmula E e da Fórmula 1: a energia das frenagens é transformada em eletricidade que retorna à bateria.

“Desenvolvemos o produto baseado nas expectativas e nas necessidades do usuário moderno. Conectividade, confiabilidade, resistência, autonomia, baixo custo por quilômetro rodado, e eficiência”, ressalta Di Grassi.

O fundador da EDG justifica a opção pelo projeto da e-bike. “O carro elétrico ainda é uma realidade distante no Brasil, muito disso em virtude da ausência de infraestrutura para recarga destes veículos.

Por isso, o primeiro meio possível de transporte movido a eletricidade, com capacidade de adesão em massa, na visão geral de transformar a mobilidade urbana brasileira, tem de ser a bicicleta, que tem o menor custo por quilômetro rodado, o que é 167 vezes mais eficiente do que um automóvel leve”, afirma Di Grassi.

“A bike elétrica é o primeiro passo. Nosso planejamento a longo prazo é usar esse know-how para transformar a indústria da mobilidade no mundo”, conclui.

Fonte: www.portalaz.com.br Publicado 08/11/2017. Acessado em 10/11/2017. “Lançada no Brasil bicicleta elétrica para revolucionar a mobilidade urbana”

Como é um Taxi Voador?

Como é um Taxi Voador?

o lançamento do Táxi Voador estar confirmado pela Airbus, outras aeronaves elétricas sem a necessidade de alguém para pilotar estão para sair do papel também, e certamente vão alterar o conceito que temos hoje sobre a mobilidade urbana ideal, é o caso da E-volo, empresa alemã

ler mais
Como é a escada rolante que fica dentro de um dragão?

Como é a escada rolante que fica dentro de um dragão?

Quem poderia imaginar construir uma escada rolante dentro de um dragão?  Pode parecer estranho, mas, acreditem que essa ideia só poderia vir da China.A China é um dos países onde tudo acontece, basta acessar a internet e ler dezenas de acontecimentos diários que podem ser classificados desde bizarros até fantásticos

ler mais
Quais são os todos os tipos de freios que existem e como eles funcionam?

Quais são os todos os tipos de freios que existem e como eles funcionam?

Os freios têm o objetivo principal em diminuir a velocidade até a completa estagnação, estando entre os componentes mais importantes no mecanismo de cada carro. No entanto, os tipos de freios para cada carro são diferentes conforme o fabricante e o modelo, por isso, se está pensando em trocar de veículo é interessante

ler mais
Quando trocar os amortecedores?

Quando trocar os amortecedores?

Viajar com segurança significa levar o carro ao Centro Automotivo para manutenções preventivas. Visto que consertar antes de quebrar ou falhar, diminui a chance de sofrer acidentes, e sempre sai mais barato. Inclusive os amortecedores. quanto aos amortecedores trocar quando? A expectativa de vida útil dos amortecedores

ler mais
Quais são as vantagens do Elevador Automotivo Hidráulico?

Quais são as vantagens do Elevador Automotivo Hidráulico?

Embora o mercado de trabalho esteja caminhando a passos lentos, tem gente aproveitando para sair do “marasmo” e prosseguir com suas próprias pernas deixando a obrigatoriedade de funcionário para trás, avançando para o patamar de Empresário em um dos segmentos que...

ler mais
Maio Amarelo, Nós somos o Trânsito

Maio Amarelo, Nós somos o Trânsito

Depois do sucesso dos movimentos Outubro Rosa (em prevenção ao câncer de mama) e Novembro Azul (prevenção do câncer de próstata), vem aí o Maio Amarelo, cujo símbolo é um fitilho amarelo usado na lapela. Trata-se de um movimento internacional de mobilização e conscientização para a redução de acidentes e para um …

ler mais
Como aumentar o número de clientes com a Ruidcar

Como aumentar o número de clientes com a Ruidcar

O sonho de toda oficina mecânica não importa o tamanho, é faturar muito. E ter lista de espera de clientes que aguardam uma vaga para consertar o carro. Com a Ruidcar, você irá conseguir esse sonho para você facilmente. Esse sonho parece possível para você? Ter uma carteira de clientes tão grande aguardando pelos …

ler mais
Quais as vantagens e como limpar os bancos de couro?

Quais as vantagens e como limpar os bancos de couro?

Comprar um carro é sempre um momento marcante na vida das pessoas. Nem precisa que seja zero, basta que seja bonito, econômico e de preferência que tenha o conforto nos bancos de couro. Já que além de duráveis, não esquentam. Bancos de tecido vs de couro.
Quando o carro tem bancos de couro é muito mais fácil de limpar.

ler mais

How is the Brazilian electric bicycle?

EDG, a technology company founded by the pilot Lucas di Grassi, brings EDG Niobium e-Bike to the Brazilian market. The first urban electric bicycle 100% designed, developed and manufactured in Brazil.

The product, thought to be a more accessible means of transport, has a lower cost to the user than that of public transport. Clean mobility, zero emission of pollutants, in harmony with environmental requirements.

Lucas di Grassi is an internationally renowned rider. Current Formula E world champion, electric car category, the competitor of Audi Sport is also CEO of Roborace. A mode of competition between autonomous cars.

His technical knowledge and experience in the development of electric vehicles led him to found EDG in partnership with Electric Dreams. Company based in the Technological Park of São José dos Campos (SP).

With the collaboration of aerospace engineers, Lucas developed the EDG Niobium e-Bike. The only electric bicycle in the country capable of running up to 100 kilometers without needing to recharge. To increase its autonomy, durability, strength and efficiency, the bike frame is made in niobium, the result of the partnership with CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração).

It supplies the material, much used in the high-tech industry – such as in MRI devices and even in rocket propulsion.

Another factor determining the greatest autonomy of the national market among electric bicycles is its lithium-ion battery, even material used in high-tech vehicles, such as the battery used in Formula E. The piece is housed inside the niobium frame, which distributes the mass of the set, which in total weighs only 15 pounds.

With USB-C port, its recharge time is of 25 km of autonomy by 1 hour of load. EDG already has technology for a 6-minute recharge for 100 kilometers. In addition, the EDG Niobium e-Bike has an energy recovery system, as it happens in Formula E and Formula 1 cars: braking energy is transformed into electricity that returns to the battery.

“We developed the product based on the expectations and needs of the modern user. Connectivity, reliability, endurance, autonomy, low cost per mile driven, and efficiency, “says Di Grassi.

The founder of EDG justifies the option for the e-bike project. “The electric car is still a distant reality in Brazil, much of it due to the lack of infrastructure to recharge these vehicles.

Therefore, the first possible means of electricity-driven transportation, with mass membership capacity, in the overall view of transforming Brazilian urban mobility, has to be the bicycle, which has the lowest cost per kilometer rotated, which is 167 times more efficient than a lightweight car, “says Di Grassi.

“The electric bike is the first step. Our long-term planning is to use this know-how to transform the mobility industry in the world, “he concludes.

Source: www.portalaz.com.br Posted 11/08/2017. Accessed on 11/10/2017. “Launched in Brazil electric bicycle to revolutionize urban mobility”

Nota

Imagens meramente ilustrativas.

Os direitos autorais de todo o material apresentado neste site são propriedade da marca 2e4 Rodas Equipamentos Automotivos ou do criador original do material, estas imagens foram coletadas de diversas fontes públicas, incluindo sites diferentes, considerando a possibilidade de estar em domínio público.

Se alguém tiver qualquer objecção à exibição de qualquer imagem ou notícias, deve trazer ao nosso conhecimento através do e-mail (contato).

O mesmo será removido imediatamente, após verificação do crédito.

Todas as Marcas e nomes pertencem aos seus proprietários.

Outros nomes e marcas podem ser de propriedade de outras empresas.

Declinamos toda e qualquer responsabilidade legal advinda da utilização das informações acessadas nos nossos sites que tem por objetivo a divulgação de informação, diversão e educação dos interessados.

Medidas tomadas pelos usuários são de sua inteira responsabilidade.

Reiteramos que orientamos sempre a consultar e seguir as instruções presentes no manual ou certificado de garantia.

Nota de rodape